Confeccionando: Filtro dos Sonhos

O filtro dos sonhos é um artefato indígena, cuja lenda conta que as energias desarmônicas geradas da guerra entre duas tribos estavam resultando em pesadelos para as crianças. Assim, o xamã de uma das tribos levou penas e pedras como oferendas aos Grandes Espíritos, pedindo orientação para sanar o problema. Foi enviado o espírito da Aranha, que utilizando um aro de cipó, teceu uma teia em seu interior, enquanto falava sobre os ciclos da vida entre o nascimento e a morte, e sobre a influência que têm as boas e más energias em cada uma dessas fases. Ao terminar, a Aranha prendeu ao filtro as penas e pedras, com o objetivo de prenderem as más energias, deixando passar apenas as boas.

O xamã retornou à sua aldeia e prendeu o filtro dos sonhos na entrada das ocas. E assim, os pesadelos acabaram, e os habitantes da aldeia, guiados pelas energias harmônicas, restabeleceram a paz com a outra tribo.

Considero a confecção do filtro dos sonhos uma atividade com vários significados. Podemos trabalhar desde saúde mental (o filtro não deixa de ser uma mandala), reabilitação física (coordenação motora fina, força muscular) e até reabilitação cognitiva (atenção, concentração, sequenciação), entre outras coisas, dependendo da demanda do nosso paciente.

Vamos aprender a fazer, então?

Os materiais necessários são:

011 – Durex,

2 – Pulseiras de ferro (ou argolas de cortina),

3 – Sisal,

024 – Tesoura,

5 – Penas coloridas,

6 – Pedras,

037 – Linhas coloridas,

8 – Agulha tamanho grande,

9 – Miçangas (opcional).

Passo a passo:

01.

Se você escolher fazer o filtro dos sonhos utilizando a pulseira, o primeiro passo é adicionar o sisal à ela, colando-o com fita adesiva. Isso o deixará mais grossinho, e com a circunferência irregular. Se optar pela argola de cortina, não há necessidade de adicionar o sisal, pois ela já é grossinha, e ficará com um aspecto mais retinho.

02.

Escolha uma linha colorida para fazer o arco. Forme uma alça com um nozinho, e o prenda ao arco. Será a alça que utilizaremos para pendurá-lo.

03.

Agora, vamos enrolar a linha por toda a extensão do arco, colorindo-o.

04.

Escolha outra cor de linha para fazer a teia do centro – ou utilize a mesma, se preferir.  Nós vamos utilizar a agulha grande numa das pontas, você pode amarrar com um nozinho simples, pois ela só nos ajudará a passar pelos espaços mais apertados. O começo é bem simples: amarre a linha com um nó duplo logo abaixo da alça, conforme mostra a foto 2. E então vamos começar com o pontinho, ele passará por trás do arco e voltará passando por dentro do espaço que se formou – como se estivéssemos desenhando uma letra E de mão, minúscula, como mostra a foto 4. Continue fazendo os pontos, até completar o arco, atento para que o espaço entre cada um seja igual, e faça-os de forma firme, para que a teia não fique frouxa.

05.

Depois de completar o arco, o ponto seguinte será feito da mesma forma, ou seja, formando uma letra E de mão minúscula, só que desta vez o ponto será feito na linha que usamos para completar o arco, formando um segundo círculo por dentro. Puxe-os bem para que fiquem firmes e bonitos. Continue até chegar ao centro da teia.

06.

Agora, se você optar por utilizar as miçangas, é aqui que elas entram. Se você preferir não utilizá-las, basta dar um nó para finalizar. Se não, o ponto é o mesmo, mas antes de dá-lo, nós vamos acrescentar uma miçanga. Antes de cada ponto, vai uma miçanga, até que se complete o círculo. Dê um nó e corte o excesso de linha. O filtro está pronto, agora vamos prender as pedras e a pena.

07.

Separe quatro pedaços de linha de aproximadamente 1,3m cada. Prenda cada um deles de forma que fique exatamente abaixo da alça para pendurar. Para prender, dobre cada um ao meio, forme uma alcinha e passe as duas pontas por dentro do aro do filtro e da alcinha formada pelo fio, como mostra as fotos 2 e 3.

08.

Agora, vou tentar dar uma breve explicação de como se faz o ponto de macramê, acredito que seja o mais bonito para confeccionar no filtro dos sonhos – mas nada que impeça quem prefira fazer uma trança. De qualquer forma, utilize as quatro linhas dobradas ao meio, ok? Vamos lá. Como dobramos ao meio, teremos 8 fios. Deixe quatro fios no meio, parados, e dois de cada lado, separados, como mostra a foto 1. Escolha um dos lados e faça um triângulo, de forma que os dois fios passem por cima dos quatro que estão no meio (foto 2). Agora, passe os dois fios do outro lado por cima dos fios do triângulo (foto 3) e dê um laço passando a ponta por baixo dos quatro fios do centro e saindo por dentro do triângulo (foto 4). Na foto 5, o primeiro ponto já foi feito. Agora, a mesma coisa, só que começando pelos dois fios DO OUTRO LADO. Nós vamos alternando, então ATENÇÃO, não perca qual foi o último lado que deu o primeiro passo, pois no próximo tem que ser o do outro lado. Mesma coisa, vá repetindo até que os pontos tenham mais ou menos três ou quatro dedos (foto 11). Finalize com um nó.

09.

Muita atenção, esta é a parte mais complicadinha. Faremos a redinha que vai prender a pedra. Para isso, vamos separar as linhas em duplinhas e fazer um nó duplo em cada duplinha (fotos 1 e 2). Com os quatro nós feitos (foto 3), vamos pegar um dos fios de uma dupla e fazer um novo nó duplo com outro fio da dupla do lado (fotos 4 e 5), não apertando o nó tão grudado no anterior, pois tem que formar uma pequena rede. Vamos fazer isso com cada dupla, ou seja, separá-las formando novas. Vá testando com a pedra, como na foto 7, para ver se os nós são o suficiente, e quando a cobrirem por inteiro, feche a rede com um nó (foto 8) e utilize os fios para repetir o procedimento do macramê, com mais uns dois ou três dedos de comprimento – não dê o nó ao finalizar.

*A pedido de um visitante, fiz um vídeo com uma explicação mais detalhada do ponto da rede, segue o link:

http://www.youtube.com/watch?v=mAPJ-hl-RtU

10.

Para prender a pena, basta posicionar seu cabinho junto com as linhas do meio do macramê e continuar os pontos até cobri-lo por inteiro. Para finalizar, pode ser dado um nó na parte de trás, e uma dica é colocar um pinguinho de cola para evitar que o nó se desfaça, ou que o fio se desfie.

Prontinho, agora é só pendurar!

Foto-0092

Espero que tenham gostado, e até a próxima!

Anúncios

2 Comentários (+adicionar seu?)

  1. ondina
    mar 11, 2013 @ 19:39:06

    É mto Lindo o Filtro! Eu que fui portadora da SGB, graças a atenção dessa T.O. maravilhosa e competente foi um dos primeiros trabalhos que fiz com ela acompanhando!
    Parabéns p/ esse trabalho tão precioso!

    Responder

  2. Rogéria Ferreira Thompson
    maio 08, 2014 @ 14:40:46

    Adorei seu post! Fiz um aqui, só falta o acabamento, pois não tinha o material. Não consegui colocar a foto para mostrar, mas compartilhei teu post no meu facebook. Abraços. Sucesso!!

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: